21 de julho de 2009

Homens na Lua, homens na Terra, por Michael Collins


Little by little, they grew closer, steady, as if on rails, and I thought 'What a beautiful sight,' one that had to be recorded. As I reached for my Hasselblad, suddenly the Earth popped up over the horizon, directly behind Eagle. I could not have staged it any better, but the alignment was not of my doing, just a happy coincidence. I suspect a lot of good photography is like that, some serendipitous happenstance beyond the control of the photographer. But at any rate, as I clicked away, I realized that for the first time, in one frame, appeared three billion earthlings, two explorers, and one moon. The photographer, of course, was discreetly out of view.


Mais, aqui.

5 comentários:

Nê disse...

Oi Danilo, tudo bem?

Tento passar por aqui sempre que dá pra ver o que você anda escrevendo. Gosto muito dos seus textos, espero poder lê-los em algum jornal em breve (vi que você está estudando no LabJor...).

Fiquei emocionado ao ler os posts sobre a morte do Senna, acho que você conseguiu descrever com perfeição o sentimento das pessoas naquele dia fatídico...

Quanto a este post, acho que não tem muito o que comentar né? A foto (clássica! e tem gente que até hoje ainda duvida...) e o texto do Michael Collins já dizem tudo... lucky men!!

Abração!

Danilo Albergaria disse...

Nê!

Porra, obrigado pelo comentário. É sensacional saber que você passa por aqui pra ler o que às vezes passa pela minha cabeça. É uma honra.

Acabei de sair da casa do meu pai. Estão meus irmãos lá, um com um cachorro, e o menor, com um hamster. Quase que o hamster caiu na boca do cachorro!! Me lembrei agora que o primeiro hamster que vi na vida foi um seu, lá naquela casa onde vocês todos moravam.

Nê disse...

A honra é minha de poder ler os seus textos! Você tem muito talento pra escrita. Puxou o seu pai e o seu avô. Tenho uns recortes de jornal guardados que o meu pai escrevia acho que pro Diário do Povo... Falei sobre ler os seus textos em algum jornal, mas esqueci que já tinha lido o seu primeiro texto no ComCiência (desculpa, minha cabeça tá uma bosta...). Parabéns pela matéria! Vi num outro post que você já publicou outros, mas ainda não tive tempo de ler. Quero ler com calma... Tá publicando regularmente?

Legal você lembrar dos hamsters que eu tinha... Lembra que um tinha a perna quebrada, pois tinha enroscado naquela roda em que eles ficavam correndo? Muitas lembranças daquela casa... Lembra que você não queria ir embora de jeito nenhum, o seu pai tinha que ir te puxando pra fora? Lembro bastante também de quando eu dormia na sua casa em Salto, aquela que tinha aquele corredor comprido em que a gente ficava jogando bola... Época boa aquela, a gente era feliz só jogando bola e videogame... Agora ficou bem mais complicado... :-)

Precisamos marcar aquele bate-papo, não? Vou ter mais duas semanas de férias da faculdade ainda por causa da gripe suína, vamos tentar marcar alguma coisa?

Abração!
Manda um abraço pro seu pai e pros seus irmãos!

Désir La Vie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danilo Albergaria disse...

Nê, se você acabar vendo isso, pega meu e-mail: daonap arroba terra com br

Também estou de férias prolongadas, então eu te ligo na sexta ou no sábado pra gente tomar umas geladas.

De onde você vem?