29 de outubro de 2007

Mickey contra Hitler

Há uns bons anos eu havia achado, não lembro onde, não lembro como, um vídeo que mostrava o engajamento político de Walt Disney da forma mais clara possível - mais até do que no papel exercido durante o período da imperial "política da boa vizinhança". Era o curta Education For Death, peça de propaganda que difamava o regime nazista para o público infanto-juvenil, justamente num período de grande mobilização do esforço de guerra norte-americano.

Guardei aquela raridade num backup que sumiu como todos os backups estão fadados a sumir: sem motivo aparente e sem paradeiro nesta dimensão. Mas Deus, Allah, Shiva e Oxalá fizeram o YouTube, e viram que o YouTube era bom. E graças ao YouTube, cá está Education For Death em alta resolução e legendado.



Talvez ninguém reclame do teor do video, já que trata-se, afinal, do regime nazista. Mas dá pra imaginar o sutil estrago ideológico que uma máquina como a Disney fez ao longo de décadas. Hoje, no entanto, longe da influência direitista engajada de seu fundador, a Disney está quietinha no seu canto.

Créditos das legendas: Triviale blog. Vale a visita.

4 comentários:

Sasqua disse...

Animal Sherpa...

Animal...

Vanessa Prates disse...

Mas que fascínio Walt Disney possuía pelo nazismo.
...realmente bem educativo.

Seria anti-nazi mesmo?

Acredito que ao contrário do que pode-se supor, a admiração pelo regime é encontrada sutilmente(ou não)nos diálogos, assim como na expressão dos personagens da animação.
Só um mero contemplador do sistema político alemão, faria algo tão "educativo" e colorido para crianças...

Danilo Albergaria disse...

Van, eu o sistema defendido pelo Disney era bem parecido com o alemão na questão econômica, basicamente. É claro que a denúncia à lei natural do mais apto (confundido com o mais forte) presente nesse curta é hipocrisia pura.

O Disney era um reaça, sim, mas os EUA da época vinham vencendo a crise dos anos 30 com uma resposta diferente da alemã: o estado de bem-estar social. Não dá pra identificar a visão do Disney com a visão do Roosevelt, por exemplo.

Sobre a política: não que eu esteja caindo no conto da "terra da liberdade", mas convenhamos: politicamente, os EUA daquela época estavam a anos-luz de distância da Alemanha nazista.

A hipocrisia que você notou é existe mesmo, mas tem muitas nuances.

Vanessa Prates disse...

Claro, Dan. Concordo com as nuances

De onde você vem?