26 de julho de 2007

Radiohead - parte ?

Eu poderia estar errado
Eu poderia estar errado
Eu poderia jurar que vi uma luz vindo

Eu costumava pensar
Eu costumava pensar
Que não havia restado futuro algum
Eu costumava pensar

Abra, comece de novo
Vamos cair a cachoeira
Pensar nos bons momentos e nunca olhar pra trás
Nunca olhar pra trás

O que eu faria?
O que eu faria?
Se eu não tivesse você

Abra e deixe-me entrar
Vamos cair a cachoeira
Ter pra nós um bom momento, não é nada
Não é nada
Não é nada

Nunca olhar pra trás
Nunca olhar pra trás

5 comentários:

Sasqua disse...

Sherpa, eu 'disconcordo' - como dizem que algum jogador de futebol disse - dos caras do radio-cabeça.

Olhar pra trás não é o problema. Aliás é salutar. O problema reside no desejo incontrolável de voltar...

vanessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vanessa disse...

Olha...acho q depende!
Vc pode olhar para trás e ter o desejo incontrolável sim...Mas nunca será uma volta. Esse saudosismo muitas vezes pode ser benéfico...
Aliás, pode-se reconstruir muitas coisas na vida através desse sentimento de "querer voltar"
O que não pode mesmo é querer viver algo que não mais existe, que já passou. Isso adoece o homem!
Mas no caso da música do Radio-cabeça, acredito que seria muito mais uma negação do "negativo" (Entre aspas, pois isso é relativíssimo...)Querendo viver somente boas lembranças.
Uma reedificação através -somente- das boas lembranças...Pelo menos, não nega o passado por completo...O q acho plausível, uma vez que, enquanto humanos, precisamos muitas vezes, negar várias coisas que aconteceram em nossa vida para simplesmente prosseguir...

Saulo disse...

Porra!!! Minha nenem é foda!

Sasqua disse...

Porra, Saulo, sua nenem é foda, huahuahuahua
Era mais ou menos que eu queria dizer...

De onde você vem?