10 de setembro de 2007

Ave Lewis! (e Viva Kimi!)

No último post sobre a Fórmula 1, eu disse que a vida da categoria só pulsava fora das pistas. Dentro delas, a coisa não passava de uma procissão, insinuei.

Que o marasmo toma conta das pistas de F1, até a FIA concorda - vide a recente formação de um comitê exclusivamente voltado para o estudo da viabilização de ultrapassagens. Querem, muito logicamente, acabar com a perda de pressão aerodinâmica sofrida pelo carro que persegue outro de muito perto.

Mas eis que surge um solitário braço erguido no meio de todos, como se quisesse discordar e protestar contra o rebanho de pilotos conformados e avessos ao risco. É justamente o novato, o líder do campeonato. Ele podou Raikkonen no quintal da Ferrari, na frente dos tifosi.

Ave Lewis!




Deve-se fazer justiça a Raikkonen, um pilotaço que anda meio apagado. O finlandês foi o autor de uma das mais belas e empolgantes ultrapassagens dos últimos tempos. Que fica melhor ainda dentro do contexto: era a última volta do GP do Japão de 2005, em Suzuka. Kimi havia largado em 17º. A briga era pela vitória e a vítima foi Fisichella.

Lembro-me de, em plena madrugada, pular do colchão e soltar um sonoro "YEEEEEESSSS!!!" com o punho em riste. Essa vitória de Raikkonen foi a vitória de todo mundo que gosta de corridas.

Viva Kimi!


2 comentários:

Sasqua disse...

Que animal essa do Kimi, Sherpa!

E a largada do Hamilton nesse domingo?

Speeder_76 disse...

Nesse dia, fomos dois...

De onde você vem?