25 de maio de 2007

Estado de natureza

A luta pela existência, nua e crua. Sem as narrativas antropomórficas do National Geographic ou do Discovery Channel, apenas a reação espantada de humanos.

Aliás, é interessante pensar na posição dos nossos semelhantes nesse vídeo. São espectadores. Imagino serem europeus. Viajaram de avião para a África. Chegaram à cena em rovers. Captaram tudo com uma câmera digital. Depois, empolgados, contaram tudo aos seus entes queridos, outros humanos, via celulares GSM. Por fim, rodaram o video ao redor do mundo pela internet. E voltaram à vida normal.

Nossa posição é muito confortável. Estamos envoltos numa bolha, numa verdadeira Matrix, que impede a maioria mais conformada de nós de enxergar a realidade. Há uns 80 mil anos, estávamos no meio dessa luta feroz pela existência. Vimos muitos de nossos filhotes serem trucidados. Sentimos o desespero da presa e o prazer do predador. Somos produto dessa pulsação cruel da vida.

Um comentário:

Juliano disse...

Literalmente ANIMAL!

De onde você vem?